segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Arroz de atum

Começa a semana e a preocupação sobre o que fazer para jantar, o que por na marmita e o tempo a esgotar-se com todo os afazeres depois de chegar a casa do trabalho. Aqui fica uma receita rápida, ótima para uma jantar e para a marmita.

Ingredientes:
1 chávena de arroz
6 cenouras
3 latas de atum
1 cebola pequena
2 dentes de alho
100 ml de polpa de tomate
Azeite
Coentros
Sal e piri-piri

Modo de preparação:
Coloque o arroz a cozer em duas chávenas de água, temperado com um pouco de manteiga e sal. Em outro tacho coloque a cenoura descascada e cortada às rodelas também a cozer. Por fim em outro tacho faça um refogado com o azeite, a cebola e o alho, juntando depois a polpa de tomate, o atum e deixando apurar. Tempere com sal, piri-piri e os coentro picados.
Num pirex coloque o arroz, por cima a cenoura e por fim o refogado de atum. Leve ao forno alguns minutos apenas para dourar o atum.

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Fatias douradas no forno

Com a preocupação crescente com a alimentação e a procura por alimentos e formas de confeção mais saudáveis aqui fica uma receita e uma dica para quem gosta de umas boas fatias douradas.


Ingredientes:
Pão duro
2 colheres (de sopa) de açúcar amarelo
1 pau de canela
1/2 l de leite
casca de limão
4 ovos
manteiga para untar o tabuleiro
açúcar e canela para polvilhar
Modo de preparação:
Unte um tabuleiro com manteiga e polvilhe com açúcar e canela.
Leve ao lume num tacho o leite, as cascas de limão e o pão de canela e deixe ferver. Uma dica para descascar o limão sem retirar a parte branca é retirar a parte vidrada com um descascador de batatas. Junte o açúcar e os ovos batidos mexendo sempre para estes não cozerem.
Disponha o pão em fatias no tabuleiro e regue com a mistura do leite, deixando o pão absorver. Polvilhe as fatias com açúcar e canela e leve ao forno a 180º C, durante cerca de 20 minutos, virando as fatias a meio do tempo. Retire as fatias do tabuleiro e volte a polvilhar com açúcar e canela... quentinhas são uma delicia.

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Pudim de tapioca

Sendo a tapioca de origem brasileira não se compreende muito bem como chega aos Açores. Há quem diga que esta receita tenha vindo numa carta dos nossos emigrantes que fugindo à pobreza e procurando um mundo com mais oportunidades, atravessaram o oceano e rumaram ao Brasil.

Ingredientes:
250 grs de tapioca
1 l de leite
200 grs de coco
4 ovos grandes
500 grs de açúcar
1 colher (de sopa) de manteiga
raspa de limão
Modo de preparação:
Uma a duas horas antes de preparar o pudim, ferva o leite e deite por cima da tapioca, vá mexendo de vez enquanto e quando esta começar a engrossar, misture a manteiga e o açúcar. Deixe a tapioca inchar. Separe as gemas das claras, misture as gemas, a raspa de limão e o coco com a tapioca. Coloque num pirex untado e leve ao forno a 180º C. Quando estiver cozido no centro, bata as claras em castelo juntando uma colher (de sopa) de açúcar por cada clara e coloque por cima do pudim, leve de novo ao forno para dourar as claras.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Bolo de limão

E porque hoje é sexta-feira e o fim de semana está à porta, vamos começa-lo de uma forma bem docinha.

Ingredientes:
400 grs de açúcar
400 grs de farinha com fermento
5 ovos
1/2 chávena de água a ferver
raspa de 1 limão
Modo de preparação:
Separe as gemas das claras e bata as gemas com o açúcar até atingir uma mistura esbranquiçada. Junte de seguida a água e a raspa de limão. Envolva a farinha e por fim as claras batidas em castelo. Coloque numa forma untada e leve ao forno a 180º até fazer o teste do palito e este sair seco.
Glacé de limão: Misture o sumo do limão com cerca de 100 grs de açúcar fino e coloque por cima do bolo depois deste ter arrefecido.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Massa para pizza

Existe uma imensidão de receitas de massa para pizza, umas mais bem conseguidas outras menos. Aqui fica a minha. Esta receita dá para duas pizzas de massa média.

Ingredientes:
200 grs de água
100 grs de leite
1 colher (de sopa) de açúcar
3 colheres (de sopa) de azeite
2 colheres (de chá) de sal
600 grs de farinha sem fermento
1 saqueta de levedura (+- 12 grs)
Modo de preparação:
Misture a levedura com meio copo de água morna e o açúcar, deixe repousar. Quando esta mistura estiver dobrado de volume adicione os restantes ingredientes e amasse bem. Deixe levedar em local quente até dobrar de volume. Estenda a massa na forma de pizza, recheie a gosto e leve a forno quente.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Entrada de queijos e doce

O aniversário da princesa está a chegar e com ele os serões a preparar os convites, as lembranças e a decoração. Ontem durante um desses serões, deu-nos aquele desconsolo de petiscar algo. Abriram-se os armários, espreitou-se o frigorífico, resultado saiu esta entrada, receita que roubei a minha amiga Ana, ideal para acompanhar umas torradinhas. 

Ingredientes:
1 embalagem de queijo creme
200 grs de queijo de São Jorge ralado
Doce de frutos vermelhos ou morango

Modo de preparação:
Misture o queijo creme com o queijo ralado, a quantidade de queijo São Jorge pode variar com o gosto de cada um. Coloque esta mistura num recipiente de servir e por cima o doce a cobrir a mistura de queijo.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Batatas recheadas com queijo, tomate e fiambre

Como refeição ou acompanhamento, umas simples batatas pode ser mais do que batatas cozidas e tornarem-se em batatas cheias de sabor.

Ingredientes:
2 batatas médias
200 grs de queijo mozarela ralado
2 tomates maduros
50 grs de fiambre
1/2 cebola pequena
sal e pimenta q.b.
orégãos
1 colher (de sopa) de azeite

Modo de preparação:
Lave bem as batatas, pique-as com um garfo e coloque-as num tabuleiro que possa ir ao forno e tempere-as com sal. Asse as batatas em forno a 200º, cerca de 1 hora ou até estas estarem assadas.
Entretanto prepare o molho, leve um tacho ao lume com o azeite e junte a cebola picada, de seguida coloque o tomate picado e sem sementes. Tempere com sal, pimenta e orégãos e deixe cozinhar em lume brando por 10 minutos.
Assim que as batatas estiverem assadas retire-as do forno, deixe arrefecer e corte-as a meio, no sentido do comprimento e retire o miolo com cuidado para depois recheá-las. Ao miolo da batata, junte 2/3 do molho de tomate, o fiambre picado e esmague tudo bem com um garfo, de modo a ficar um puré grosso. Junte metade do queijo e retifique os temperos.
Recheie as batatas com este preparado, coloque por cima o restante molho de tomate e o queijo ralado. Leve ao forno a gratinar.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Pão Caseiro para todos os dias!

"Pão Caseiro para todos os dias!" É assim que Joana Roque nos apresenta esta receita. O fato de se puder conservar no frigorifico por 2 semanas, gerou em mim um misto de desconfiança e de curiosidade, tendo vencido a curiosidade. Depois desta receita, não há desculpa para não ter pão caseiro, tipo pão de água, todos os dias fresquinho em casa.

Ingredientes:
6 ½ copos de farinha de trigo
3 copos de água morna
1 ½ colher (de sopa) de fermento biológico seco
1 ½ colher (de sopa) de sal grosso
farinha de milho para polvilhar q.b.

(1 copo = aproximadamente 235ml)

Modo de preparação:
Numa caixa plástica e com tampa, misture todos os ingredientes, com a ajuda de uma colher de pau, tapando de seguida o mesmo. Se achar que ficou muito mole, junte mais um pouco de farinha. Deixe repousar por duas horas antes de utilizar para fazer o pão ou até mesmo uma massa para pizza. Nessa altura com as mãos enfarinhadas retire um pedaço de massa e com cuidado, para que esta não perca o ar, dê a forma desejada. Deixe repousar num tabuleiro enfarinhado por 30 minutos e leve depois a forno bem quente por outros 30 minutos. Esta massa pode-se conservar no frigorifico até duas semanas.  

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Cobertura de leite condensado cozido

Depois do bolo formigueiro de ontem, hoje não podia faltar a cobertura de leite condensado cozido. Há quem apenas abra a lata de leite condensado cozido e cobra o bolo formigueiro, eu gosto de fazer esta pequena variante para que o creme fique mais consistente.


Ingredientes:
1 lata de leite condensado cozido
100 grs de chocolate branco
1 colher (de sopa) de manteiga

Modo de preparação:
Coloque todos os ingredientes num tacho e leve ao lume até engrossar. Ainda quente recheie e cobra o bolo com este creme.

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Bolo formigueiro

E para o fim de semana um bolinho... uma das lembranças que tenho de infância é de minha mãe fazer um bolinho ao sábado à tarde, para sobremesa do domingo. Ansiosos por uma fatia de bolo, apenas provávamos uns pequenos queques que eram feitos com o resto da massa, o bolo era sagradamente partido à sobremesa de domingo.


Ingredientes:
500 grs de açúcar
500 grs de farinha com fermento
250 grs de manteiga
60 grs de chocolate granulado
6 ovos
250 ml de leite de coco

Modo de preparação:
Com a ajuda da batedeira, bate-se o açúcar com a manteiga até obter uma mistura esbranquiçada, de seguida junta-se as gemas e o leite de coco até duplicar de volume. Retira-se a batedeira, envolve-se a farinha, o chocolate granulado e por fim as claras em castelo.
Leve ao forno a 180º C, até fazer o teste do palito e este sair seco.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Panna cotta com molho de morangos

Os morangos e as natas são sem dúvida ingredientes que estariam no topo da lista dos ingredientes associados ao Amor e ao dia dos namorados. Aqui fica uma variação elegante da combinação destes dois ingredientes.


Ingredientes:
(Panna cotta)
400 ml de natas
400 ml de leite meio gordo
160 grs de açúcar
1 colher (de café) de essência de baunilha
8 folhas de gelatina incolor

(Molho de morangos)
300 grs de morangos
150 grs de açúcar
4 colheres (de sopa) de água
1 colher (de sopa) de sumo de limão

Modo de preparação:
Comece por demolhar as folhas de gelatina em água fria. Num tacho coloque o leite, as natas, o açúcar e a essência de baunilha. Leve a ferver em lume brando, mexendo de vez em quando. Quando começar a ferver retire o tacho do lume e junte as folhas de gelatina mexendo até dissolverem. Coloque em taças individuais e leve ao frigorifico para solidificarem.
Prepare o molho de morangos, num tacho coloque todos os ingredientes e leve ao lume. Mexendo sempre até que este molho engrosse. Retire então do lume, triture com a varinha mágica e deixe arrefecer, para depois colocar por cima das panna cottas.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Maionese num minuto

Esta maionese é uma excelente opção para acompanhar peixe, tendo sido a escolha para o menu do dia dos namorados. Um prato que no final levou um grande... tá consolando.


Ingredientes:
1 ovo
250 ml de azeite
1 colher (de chá) de mostarda
1 e 1/2 colher (de sopa) de sumo de limão
sal q.b.
pimenta q.b.
Opcional: mistura de alho e salsa

Modo de preparação:
Coloque os ingredientes, o ovo, o azeite, a mostarda, o sumo de limão, o sal e a pimenta, num copo alto e estreito. Insira a varinha mágica e acione-a mantendo-a no mesmo sitio. A maionese começa a formar-se em volta da varinha mágica, tipo bola, com a varinha sempre a trabalhar vá puxando devagar para cima. Envolva a maionese com uma colher, podendo nesta altura tempera-la com uma mistura de alho e salsa ou outra combinação a gosto ou até mesmo deixa-la assim simples.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Ratatouille

Para acompanhar os crocantes de abrótea, tivemos um ratatouille que veio trazer cor e muito sabor ao prato. Este é um dos acompanhamentos, que para mim, só por si dá para fazer uma refeição e vem provar que a comida saudável não tem de ser algo sem sabor e sem graça.

Ingredientes:
Azeite
1 cebola grande
4 dentes de alho
1 curgete
1 pimentão vermelho grande
4 tomates
4 folhas de salva
Sal e pimenta moída q.b.
1 colher (de chá) de açúcar

Modo de preparação:
Comece por refogar no azeite a cebola parte picada miúda e parte em meias luas. Quando estiver transparente junte o alho picado e a curgete cortada aos cubos. De seguida o pimentão aos cubos e o tomate. Tempere com sal, pimenta moída e umas folhinhas de salva cortadas finamente. Deixe apurar. Retifique os temperos e coloque o açúcar para cortar o ácido do tomate.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Crocantes de abrotea

Nos próximos dias fica um cheirinho do menu do dia dos namorados, cá em casa. Um menu saudável, colorido e saboroso. Quando falamos em comida saudável associamos quase sempre a cozidos e grelhados, a pratos sem sabor e sem graça. Parte de nós procurarmos numas formas de cozinhar e novos ingredientes para contrariar esta teoria.
 
Ingredientes:
Filetes de abrótea
Farinha
Ovos
Flocos de aveia
Sumo de limão
Sal e pimenta branca q.b.
Manteiga para untar o pirex
Modo de preparação:
Comece por temperar as filetes com sal, pimenta e sumo de limão, deixe apurar. Unte um pirex com manteiga, prepare três recipientes um com farinha, outro com ovos batidos e outro com os flocos de aveia. Passe as filetes pela farinha, de seguida pelos os ovos e por fim pelos flocos e coloque no pirex. Leve os filetes ao forno a 200º C por cerca de 20 minutos.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Caramelos

Quando falo em caramelos a primeira recordação que me vem à memória, são os caramelos do “Medalhas”. O “Medalhas” era uma loja típica da cidade da Horta que vendia um pouco de tudo. Lá podia se encontrar desde os inhames que vinham em sacas dos Cedros, à marmelada e o queijo avulso, as botas para os lavradores e o copinho de vinho para ganhar forças e seguir viagem. Logo à entrada em cima do balcão, um frasco de vidro guardava os preciosos caramelos, umas doces barrinhas douradas que eram vendidas embrulhadas em simples papel branco, convidando os mais guloso a entrar. Hoje este estabelecimento desapareceu dando lugar a um renovado restaurante da mesma família e com o mesmo nome, ficando apenas a recordação de outros tempos.

Ingredientes:
1 kg de açúcar
1 l de leite
2 colheres (de sopa) de manteiga
1 colher (de sopa) de cacau
Modo de preparação:
Coloque todos os ingredientes num tacho e leve ao lume médio, mexendo até dissolver o cacau e o açúcar. Deixe esta mistura sempre em lume médio por mais ao menos 1h30m até fazer um ponto de estrada largo, mexendo de vez em quando, para que o leite não venha para cima e não ferre no fundo do tacho. Coloque depois num pírex untado e deixe solidificar, antes de endurecer totalmente corte em quadrados

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Cobertura queijo creme

Como prometido ontem fica aqui a receita da cobertura de queijo creme. Pode-se considerar a combinação do bolo Red Velvet com esta cobertura uma relação de amor perfeita.
Ingredientes:
240 grs de queijo creme Philadelphia
100 grs de manteiga
1 colher (de chá) de essência de baunilha
2 chávenas de açúcar fino
Modo de preparação:
Numa batedeira bata a manteiga à temperatura ambiente com o açúcar fino, numa velocidade média alta. Junte a baunilha e quando a mistura estiver homogénea coloque o queijo creme que deve ser batido a uma velocidade baixa por 30 segundos. Quando juntar o queijo creme não deve bater por muito tempo porque o creme tende a ficar mole.

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Bolo Red Velvet ou Veludo Vermelho

E o amor anda no ar... amanhã celebra-se o Dia de São Valentim ou Dia dos Namorados. Conta a história que "O bispo Valentim lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes. Continuou celebrando casamentos, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”. in wikipédia
Para celebrar o amor e porque o vermelho é o melhor sinónimo do mesmo. Aqui fica a receita do bolo Red Velvet ou Veludo Vermelho. Amanhã colocarei aqui a receita da cobertura de queijo creme, uma excelente combinação para este bolo.

Ingredientes:
5 chávenas de farinha de trigo sem fermento
2 colheres (de chá) de bicarbonato de sódio
4 colheres (de sopa) de cacau
1 colher (de chá) de sal
2 chávenas de buttermilk
2 colheres (de chá) de essência de baunilha
3 chávenas de açúcar
1 chávena de óleo
4 ovos
2 colheres (de chá) de vinagre branco
2 colheres (de sopa) de corante alimentar vermelho Natal

Modo de preparação:
Comece por preparar o buttermilk. Junte às 2 chávenas de leite, 2 colheres (de sopa) de sumo de limão e deixe repousar 10 minutos.
Num recipiente coloque a farinha peneirada, o bicarbonato, o cacau e o sal misture tudo e reserve. Numa batedeira coloque o açúcar e o óleo e bata a uma velocidade média até ficar homogéneo. Adicione o corante até ficar todo bem misturado, batendo devagar. Alternadamente misture os ingredientes secos com o buttermilk, começando com os secos e terminando com os secos. Retire a taça da batedeira e envolva o vinagre nesta massa, sem bater. Coloque a massa numa forma untada e enfarinhada n.º 26 e leve ao forno pré-aquecido a 170º C. Não abra o forno nos primeiros 30 minutos e verifique se está cozido com o teste do palito. Depois de cozido deixe arrefecer e desenforme.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Scones

Os scones são pequenos bolos típicos ingleses, um género de um pão rápido feito à base de farinha leite e manteiga. Foram a minha aventura nestes últimos dias. Ao ponto de uma pessoa me dizer... "Vais ver que à terceira é de vez..." e não é que foi. Com o objetivo de fazer algo diferente no Dia de São Valentim testei várias receitas de scones, até que encontrei esta. Os scones querem se feitos rapidamente e não muito amassados, ideal para um pequeno almoço diferente.

Ingredientes:
500 grs de farinha sem fermento
2 colheres (de chá) de fermento
2 colheres (de sopa) de açúcar
1 colher (de chá) de sal
110 grs de manteiga
300 ml de leite
1 ovo
Modo de preparação:
Peneire para um recipiente a farinha, o fermento, o açúcar e o sal. Depois com as pontas dos dedos misture os ingredientes secos com a manteiga, até que esta fique tipo areia ou crumble.
Faça um buraco a meio e coloque lá o leite e com uma colher de pau vá mexendo até juntar todo o leite à farinha. mexer muito nem juntar mais farinha pois a mistura deve ficar ligeiramente apegadiça. Numa superfície enfarinhada, trabalhe a massa de modo a fazer uma bola e estenda com um rolo até ficar com dois dedos grandes de largura. Corte-os com um cortador de bolachas redondo e coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal. Pincele-os com ovos batido e leve durante 15 minutos ao forno a 200 ºC.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Molho caseiro de tomate

Na sequência dos Sonhos que publiquei ontem, fica aqui a receita de um molho caseiro de tomate que poderá acompanhar os mesmos, intensificando assim o seu sabor. Uma sugestão para aproveitar tomates, na época de abundância dos mesmos, congelando de seguida e servindo de base para outras receitas como por exemplo o molho para uma pizza ou para acompanhar uma massa. Querendo pode-se também congelar os tomates crus, já sem as sementes e depois preparar o molho na hora pois é muito rápido de se fazer. 
Os Sonhos com o molho de tomate são também uma sugestão romântica para o Dia dos Namorados, que se aproxima. Nesse caso adicionava um pouco de piri piri aos temperos do molho.
Ingredientes:
4 tomates
½ cebola
2 dentes de alho
1 colher (de café) de açúcar
Azeite
Sal q.b.
Salsa e orégãos q.b.

Modo de preparação:
Cortar os tomates a meio e retirar as sementes. Picar aos bocadinhos os tomates, a cebola e alho. Colocar um fio de azeite num tacho e juntar todos os ingredientes. Deixe cozinhar. Triture tudo e retifique os temperos.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Sonhos de bacalhau

Como já referi anteriormente, existem sem dúvida sabores que nos fazem recordar certos momentos da nossa vida, esta receita é sem dúvida um desses momentos. Há alguns anos, cerca de trinta, nas freguesias lecionavam cursos, hoje em dia chamados workshops, na minha freguesia lembro-me de haverem os cursos de Corte e costura, Datilografia e Música. No curso de Corte e costura as senhoras, quase todas domésticas, juntavam-se durante a tarde para aprenderem a arte da agulha e do dedal, havendo também espaço para algum convívio nas épocas festivas, nos aniversários e no dia de encerramento destes cursos. Para esses convívios cada uma levava algo para partilhar e rapidamente o curso de Corte e costura, transformava-se num curso de culinária onde se partilhavam receitas e modos de fazer. Foi num desses convívios que pela primeira vez provei os sonhos de bacalhau. Sendo algo diferente para a época, foram muito apreciados e nenhuma senhora quis perder a receita.
Ingredientes:
1 chávena de água
1 chávena de farinha de trigo sem fermento
1 colher (de chá) de manteiga
400 grs de bacalhau demolhado, cozido e desfiado
5 ovos
1 colher (de café) de fermento em pó
Salsa
Sal e pimenta qb
Óleo para fritar

Modo de preparação:
Coloque a água a ferver, tempere com sal e com a manteiga. Quando estiver a ferver deite a farinha e mexa com uma colher de pau até formar uma bola e desprender do tacho e ficar bem cozida. Coloque num recipiente e deixe arrefecer até conseguir trabalhar com ela. Amasse de modo a ficar homogénea, junte então 2 ovos inteiros e três gemas previamente batidos. Tempere com pimenta e salsa. Junte o bacalhau até tudo ficar bem ligado, bate-se com uma colher de pau até ficar fofo. Por fim envolve-se as claras batidas em castelo e o fermento. Com ajuda de duas colheres formam se os sonhos e fritam se em óleo quente. Depois de fritos escorrem-se em papel absorvente. 

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Rosas do Egipto

E o Carnaval está a chegar ao fim... é tempo de pregar as últimas partidas, de comer as últimas guloseimas e dar o último pezinho de dança desta quadra... Este para mim, foi sem dúvida um Carnaval diferente a curiosidade de saber como se faziam os doces típicos, recolher as receitas e por fim saboreá-las , levou-me numa viagem de tempos e memórias de um Carnaval diferente em que os salões se enchiam de foliões e de alegria. Agradeço a todos os que colaboraram neste desafio de Carnaval, tendo ainda ficado com algumas receitas em carteira que a seu tempo serão testadas e aqui publicadas. Para finalizar ficam as rosas do Egito, que mais uma vez me remete para os assaltos de Carnaval, em que na minha freguesia havia uma senhora que trazia sempre uma grande travessa desta iguaria. O molde para fazer este doce herdei da minha mãe que por várias vezes tentou faze-las mas nem sempre com sucesso... não sei se foi sorte de principiante mas depois de duas massas jogadas ao lixo esta resultou e as rosas ficaram lindas.

Ingredientes:
250 grs de farinha de trigo sem fermento
1 pitada de sal
1 ovo
Sumo de meia laranja
1 chávena de chá de leite
Óleo para fritar
Açúcar e canela para polvilhar

Modo de preparação:
Misture bem todos os ingredientes de modo a que a mistura fique homogénea. Coloque-a no frigorífico durante meia hora. Entretanto misture açúcar e canela num recipiente e coloque o óleo a aquecer. Quando o óleo estiver quente coloque a peça que irá dar forma às Rosas do Egito para a mesma aquecer, deve ficar bem quente para a massa agarrar à forma, por isso deixe lá ficar por uns minutos. Mergulhe a forma das rosas na massa mas não deixe que passe por cima da forma. Coloque no óleo para fritar e abane um bocadinho para que a massa vá descolando, pode utilizar um garfo para ajudar a soltar a massa da forma. Deixe fritar e quando estiverem douradas tire-as para um prato com papel absorvente para escorrer. De seguida passe-as por açúcar e canela.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Trouxas de bacalhau em massa filo

A massa filo é uma alternativa mais saudável em relação à massa folhada, mas ainda pouco utilizada. Nesta receita deixo uma sugestão da sua utilização e que poderá ter outras variantes basta para isso colocar a imaginação a trabalhar.

Ingredientes:
1 embalagem de massa filo (4 folhas)
300 grs de bacalhau
1 cebola média
½ alho francês
Meio pimentão vermelho
4 colheres (de sopa) de molho de tomate original QB
azeite
salsa
4 galhinhos de cebolinho

Modo de preparação:
Dobre cada uma das folhas de massa filo em dois. Prepare o recheio faça o refogado com azeite, a cebola, o alho francês e o pimentão picado, deixe refogar. Junte o bacalhau cozido e desfiado, coloque o molho de tomate original da QB, tempere com salsa e retifique com outros temperos se achar necessário. Divida o recheio em quatro porções e coloque cada uma delas no meio da massa filo, forme a trouxa e amarre com o cebolinho. Pincele as trouxas com manteiga ou ovo e leve ao forno em pírex untado por uns 10 minutos, o tempo só de dourar dado que o recheio já se encontra cozinhado.

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Coscorões com creme de limão

Hoje é Domingo de Carnaval. Época festiva que celebra o “adeus à carne”. Uma época de folias e excessos a que se segue a quarta-feira de cinzas e a quaresma, um período de reflexão, abstinência e jejuns. Como em todas as tradições, também o Carnaval tem sofrido mudanças e as pessoas têm se tornado mais caseiras, tornando as folias de Carnaval pobres em gente. Lembro-me do Carnaval começar algumas semanas antes com a confeção das fantasias e com os assaltos, festas organizadas por instituições e particulares, que se esmeravam na decoração do espaço e propiciavam o convívio. Na minha freguesia os assaltos eram animados com baile ao som de gira-discos ou de conjunto musical parando à meia noite para assaltar a mesa onde estava os petiscos que cada um trazia para partilhar. Eram dias em que se acabava quase sempre por trocar algumas receitas quando aparecia um petisco diferente ou uma receita já conhecida mas que estava confecionada na perfeição. Nestes dias não faltavam à mesa os coscorões com creme de limão ou polvilhados com açúcar e canela.

Ingredientes:
1 ovo
2 colheres (de sopa) de açúcar
1 colher (de sopa) de manteiga
500 grs farinha sem fermento
água morna

Modo de preparação:
Bata o ovo com o açúcar e a manteiga derretida, junte a farinha alternadamente com a água morna, de modo a formar uma massa que descole dos lados do recipiente, deixe descansar a mesma cerca de meia hora. E volte a amassar a massa com ajuda de uma pouco mais de farinha para não pregar no recipiente. Estender a massa com o rolo numa superfície ligeiramente enfarinhada, de modo a que mesma fique o mais fino possível. Corte aos bocados e antes de colocar num tacho com óleo bem quente a fritar volte a esticar de modo a ficar fino quase transparente. Escorra em papel absorvente e depois prepare o creme para colocar por cima.

Creme de limão

Ingredientes:
2 chávenas de açucar
3 ovos
1 colher (de sopa) de manteiga
Sumo e raspa de 1 limão grande

Modo de preparação:
Colocar todos os ingredientes num tacho e levar ao lume mexendo sempre até engrossar. Colocar este creme por cima dos coscorões.

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Waffles

Sábado começa com um pequeno almoço diferente mais elaborado, com mais amor e menos pressa e rodeada de quem amo... Não há melhor forma de começar o Sábado.
Ingredientes:
400 ml de leite
250 grs de farinha de trigo
70 grs de amido de milho
60 grs de açúcar
2 ovos
50 grs de manteiga derretida
10 grs de fermento em pó
1 pitada de sal
Modo de preparação:
Numa tigela coloque todos os ingredientes secos. Depois ao centro coloque todos os ingredientes líquidos e bata tudo de modo a formar uma mistura homogénea. Unte a maquina das waffles e coloque uma porção de massa de forma a cobrir quase toda a parte de baixo. Feche a máquina e deixe cozinhar.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Cestas de massa filo com delicias do mar

Estas cestas são uma entrada simples para variar às tradicionais entradas de queijo e enchidos. Dando asas à imaginação pode-se usar a ideia das cestas com os mais variados recheios.
Ingredientes:
4 folhas de massa filo
1 cebola pequena
50 grs de alho francês
½ pimento vermelho
1 dente de alho
16 delicias do mar
Manteiga derretida para pincelar
Salsa picada q.b.
Sal q.b.
Pimenta q.b.
Modo de preparação:
Ligue o forno a 180ºC. Corte a massa filo em quadrados de aproximadamente 5 cm de lado. Sobreponha-os dois a dois, pincelando as superfícies com manteiga. Coloque cada par em formas de queque de modo a formarem cestinhos. Leve ao forno até dourarem.
Pique a cebola, o alho francês, o pimento e o dente de alho e refogue-os num fio de azeite. Lamine as delicias do mar e junte-as ao refogado. Tempere com sal e pimenta. Polvilhe com salsa picada, envolva e recheie os cestinhos com este preparado.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Filhoses

O Carnaval aproxima-se a passo largos e com ele chega a última quinta-feira, quinta-feira de comadres. Muitos vão dizendo “As festas são muito baixas, ainda não cheira a Carnaval”. O que é certo é que saímos de uma época festiva cheia de comes e bebes que foi o Natal e já estamos enfiados nas filhoses, não deu para desenjoar. Se as fofas escaldadas são a minha receita preferida desta quadra, as filhoses são para mim o cheiro do Carnaval. Em casa dos meus pais não havia Carnaval sem filhoses, quase sempre na terça-feira. E esperávamos por elas quentinhas e com uma chávena de chá curávamos as noitadas deste fim de semana de folia.
Ingredientes:
1 kg de farinha
6 ovos
150 grs de açúcar
85 grs de manteiga derretida
Raspa de limão
1 e 1/2 colher de sopa de fermento de padeiro
Açúcar e canela para polvilhar
Óleo para fritar

Modo de preparação:
Coloque o fermento numa chávena de água morna e mexa para desfazer. Junte este fermento a ½ kg de farinha e amasse com 2 ovos. Deixe levedar.
Bata os restantes ovos com o açúcar, a raspa de limão e a farinha alternadamente com a manteiga derretida e um pouco de leite morno. Adicione o fermento já levedo e amasse de modo a ficar uma massa homogénea e deixe levedar. 
Quando estiverem levedas, coloca-se o óleo ao lume e quando este estiver quente, molham-se as mãos em água , tiram-se pedaços de massa que se esticam de modo a abrir um buraco a meio e fritam-se. Escorrem-se em papel absorvente e polvilham-se com açúcar e canela.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Sopa de alho francês

Desde que fiz os croutons que ando a pensar nesta sopa de alho francês... nestes dias de inverno é uma sopa que nos aquece a alma.
 
Ingredientes:
400 grs de alho francês
50 grs de manteiga
200 grs de batata
1 cubo de caldo de galinha
½ colher (de chá) de sal
1 l de água
 
Modo de preparação.
Pique o alho francês e coloque-o num tacho junto com a manteiga, deixe refogar. Junte a batata, o caldo de galinha, a água e o sal. Deixe cozinhar. Assim que estiver pronto, triture a sopa.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Croutons

O pão é um dos ingredientes que mesmo depois de velho continua a ter múltiplas funcionalidades. Hoje fica a receita de Croutons. Pequenos pedaço de pão temperados e torrados, ótimos para acompanhar uma salada ou uma sopa.
 
Ingredientes:
Fatias de pão de forma
Azeite
Mistura seca de alho e salsa
Mistura de pimentas
Sal grosso
 
Modo de preparação:
Comece por cortar as fatias de pão de forma em pequenos quadrados. Numa tigela coloque o pão e uma mistura de azeite com os restantes ingredientes. Envolva bem e leve ao forno, em tabuleiros, a 180ºC. Retirar do forno quando estiverem dourados.
Deixe arrefecer antes de por numa sopa ou sala e conserve-os num recipiente hermeticamente fechado.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Brigadeiros

E para adoçarmos este inicio de semana fica aqui uma receita de um docinho que faz as delicias de miúdos e graúdos. Uma excelente opção para uma prenda diferente e com certeza que será bem mais apreciada que uma caixa de bombons vulgares.

Ingredientes:
1 lata de leite condensado
1 colher (de sopa) cheia de cacau
3 colheres (de sopa) de gotas ou pastilhas de chocolate (+- 60 grs)
 
Modo de preparação:
Coloque todos os ingredientes num tacho e leve ao lume, mexendo sempre. Depois de ferver continue a mexer por mais 10 minutos.
Coloque a massa num prato untado com óleo e leve ao frigorifico para arrefecer. Enrole depois os brigadeiros a formar pequenas bolas e passe-as por chocolate granulado.